Sobre o evento Broader Energy Transition

Na quarta-feira, 28 de julho, a Brunel e a Fitch Solutions realizaram um evento virtual chamado Broader Energy Transitions para discutir as perspectivas de crescimento do setor de energia renovável no Brasil. A Fitch Solutions é uma agência de classificação de crédito especializada em risco-país e pesquisa do setor. A Fitch Solutions publica percepções globais, relatórios e projeções para o setor de energia e tem sido um parceiro valioso para Brunel por vários anos.

Sobre o evento Broader Energy Transition

O evento Broader Energy Transitions foi realizado via Zoom e contou com a participação de dezenas de participantes. Dr. Thomas Van Lanschot, PhD. em Sistemas de Potência com formação em Engenharia Civil e de Energia, representou a Fitch Solutions e conduziu uma discussão focada na perspectiva energética do Brasil e como ela se compara ao resto da América do Sul e depois ao resto do mundo.

De acordo com a Fitch Solutions, as energias renováveis não hidrelétricas na região da América Latina serão impulsionadas por três mercados principais - Brasil, Chile e México - respondendo por 79% do crescimento previsto. No entanto, o Brasil supera grande parte da região em energias renováveis não hídricas (eólica, solar, biomassa, geotérmica etc.) e, sozinho, será responsável por 54% de todo o crescimento na próxima década. Além disso, o Dr. Lanschot e a equipe da Fitch Solutions projetaram “recompensas favoráveis e riscos relativamente moderados” nos mercados de energias renováveis não hidrelétricas para o Brasil, particularmente solar e eólica onshore.

A política de energias renováveis de apoio no Brasil tem impulsionado um forte crescimento contínuo em sistemas de geração solar, bem como em projetos solares em escala de utilidade. O Brasil também deve ter um forte crescimento no setor de energia eólica devido à sua geografia.

O pipeline do projeto de hidrogênio verde em toda a região latina estava em pouco menos de 8 GW em julho de 2021, de acordo com a Fitch Solutions Data - acima de menos de 2 GW dentro do pipeline do projeto em março de 2021.

Durante o evento, o Dr. Lanschot também divulgou dados que mostram que algumas categorias de energias renováveis, como a eólica offshore, são consideradas de alto risco no Brasil. Isso se deve a questões decorrentes da complexa geologia do país, bem como às atualizações / expansões de infraestrutura necessárias para transmitir qualquer energia produzida pelo vento offshore.


Fornecendo insights valiosos aos clientes

Do lado de Brunel, o evento foi liderado por Tiago Chaves, Country Manager da Brunel no Brasil. Sobre o evento, Tiago comentou:

“A equipe da Brunel Brasil ficou muito satisfeita em sediar este evento, um dos nossos objetivos é apoiar os nossos clientes de forma consultiva e uma forma de o fazer é partilhando informações relevantes. Dados / insights / previsões muito específicos sobre o mercado de nossos clientes no Brasil são compartilhados por um parceiro tão experiente e confiável, a Fitch Solutions. Agradecemos também a presença de importantes clientes e atores relevantes do setor de Energia, representados por profissionais que desejaram entender para que direção está caminhando a Transição Energética no Brasil e na América do Sul. 

A Brunel opera no Brasil a partir de nosso escritório no Rio de Janeiro e está há mais de uma década, conectando especialistas a projetos pioneiros. Com mais de 300 especialistas trabalhando atualmente no setor de energia no Brasil, a Brunel pode usar nossa rede global para ajudar no crescimento de sua empresa. Conecte-se com Michel Campbell hoje para descobrir o que Brunel pode fazer por você.

Michel Campbell

Perm Business Executive